ANP: Pesquisas em petróleo e gás receberão R$ 30 bi nos próximos 10 anos

Nos últimos 16 anos foram gerados R$ 8,4 bilhões em P,D&I

Rio de Janeiro (RJ) – Nos próximos 10 anos, serão gerados mais de R$ 30 bilhões em investimentos obrigatórios em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) nas áreas de Petróleo e Gás. Os dados foram publicados no Boletim Petróleo e P&D nº5, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e são resultado das previsões de produção informadas pelas empresas operadoras à ANP. Nos últimos 16 anos foram gerados R$ 8,4 bilhões em P,D&I.
O estudo inclui os campos que já estão produzindo, as áreas constantes no contrato de cessão onerosa e as áreas com previsão de produção pelo Plano de Avaliação. A obrigação de investimento em P,D&I contempla 1% da receita bruta das concessionárias que operam campos de grande produção e 0,5% no caso do contrato de cessão onerosa.
Conforme previsão divulgada já na edição nº 1 do Boletim Petróleo e P&D, o ano de 2020 registrará a maior obrigação de investimentos, com quase R$ 4 bilhões. Esse crescimento se explica com a entrada em produção de diversos campos concedidos dentro do polígono do pré-sal – os que geram as maiores obrigações – e das áreas da cessão onerosa. Para 2014, a estimativa é de R$ 1,4 bilhão. Já a obrigação gerada em 2013 deve ser de aproximadamente R$ 1,2 bilhão.
Da Redação

MBP-COPPE/UFRJ formando especialistas em petróleo desde 1998 - mbcursos.coppe.ufrj.br

Comentários