Exploração do pré-sal beneficia carreiras. Saiba quais!

15_39_54_481_fileO Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) prevê que, em quatro anos, R$ 458 bilhões serão destinados à exploração e à produção de óleo e gás, refino, distribuição e logística, o que representa um aumento de 47% em relação ao período de 2009 a 2013. Com isso, de 2014 a 2017, o setor de petróleo e gás irá liderar a captação de investimentos na indústrias. Esses dados são referentes aos pedidos de empréstimo ao BNDES e planos de negócios das empresas do setor, principalmente a Petrobras. Assim, de acordo com especialistas, a previsão é que grande parte das carreiras da área despontem no mercado brasileiro, ao longo dos anos. As informações são da EXAME.

Segundo a reportagem, Caio Mase, gerente da Robert Walters do Rio de Janeiro, afirma que só o Campo de Libra deve receber 18 plataformas, movimentando ainda mais o mercado. Ele explica também que a exploração do pré-sal, especialmente o Campo de Libra, recém-leiloado, aumenta o número de oportunidades para profissionais, uma que vez, por exemplo, as empresas chinesas (CNOOC e CNPC) não possuem estrutura e necessitam, portanto, aprimorar essa parte de operações – em grande quantidade – e de negócios.

Especialistas em recrutamento no setor de óleo e gás consultados pela EXAME reuniram 11 carreiras cujos profissionais devem ser mais requisitados pelo setor, em cada fase da produção. São eles: geólogos, geofísicos, petrofísicos, engenheiro de perfuração, gerentes de perfuração, gerente de contratos, gerente de projetos, gerente de engenharia, gerente de operação, gerente de plataforma e oficiais de náutica.

image-highlight9

É importante ressaltar também que a Michael Page, multinacional de recrutamento, identificou essas profissões destacadas no “Drive da Cadeia”, ou seja, no âmbito de empresas operadoras, aquelas responsáveis por extrair o petróleo do subsolo. No entanto, haverá oportunidades diversas e maior geração de empregos em várias áreas desse setor, uma vez que fornecedores diretos destas empresas, além de setores relacionados, também serão beneficiados com a exploração do pré-sal.

Leia a matéria na íntegra e saiba mais sobre cada carreira aqui.

Ficou interessado (a) e não quer perder esta oportunidade? Então aproveite para se especializar em petróleo e gás e faça o MBP, a pós-graduação da Coppe/UFRJ. Conheça o novo portal do curso e fique por dentro da grade e das novidades: http://www.petroleo.coppe.ufrj.br/


MBP-COPPE/UFRJ formando especialistas em petróleo desde 1998 - mbcursos.coppe.ufrj.br

Comentários